Posts com Tag ‘virus’

O anti-vírus mais baixado do Baixaki acaba de ganhar uma nova versão. Mais eficiente e leve, o programa traz várias novidades. Confira nesse vídeo todos os aspectos;

Baixaki.com.br

Anúncios

Sem grana para comprar um antivírus? Conheça, abaixo, cinco boas opções para criar um verdadeiro escudo no Windows e defender o PC dos vírus e malware que circulam na web, e-mails e pen drive.

AVG 2011 Free

asdf

Um dos mais populares do país, o AVG gratuito defende com rapidez e agilidade o PC das pragas virtuais, inclusive aquelas que roubam dados do PC. O aplicativo, que nesta edição estreia um novo motor de caça e detecção de vírus, também é capaz de alertar o usuário quando uma página web tem scripts que podem danificar ou infectar o computador – graças ao recurso Link Scanner. Baixe o AVG 2011 Free no Downloads INFO.

Avast 5 Free Antivirus
asdf

O Avast 5 tem como ponto forte a caça, a detecção e a remoção de vírus. Não só isso. As  ferramentas que aniquilam os vírus que se propagam por redes P2P e mensageiros instantâneos também são eficientes. Além de uma bela interface, os engenheiros do programa adicionaram no Avast 5 um recurso para buscar pragas digitais em pen drive e outros tipos de mídias removíveis.Baixe o Avast 5 Free no Downloads INFO.

Avira AntiVir 2010
asdf

Dono de um eficiente sistema de detecção e rastreamento de malware e vírus, o Avira tem como principal mérito a interface. Simples e objetiva, ela deixa todos os recursos de proteção do software a um clique. Um grande recurso do antivírus é o sistema de agendamento. Com ele, dá para programar as atualizações e a varredura de vírus do computador. Baixe o Avira Free no Downloads INFO.

FortiClient
asdga

O software de proteção tem um avançado recurso de firewall, que defende o Windows da ação de crackers e programas que roubam dados. Atualizado diariamente, ele é equipado com uma tecnologia de identificação de vírus conectada com os servidores da Fortinet. Com essa característica, o FortClient consegue descobrir, em tempo real se uma ameaça pode ser danosa ou não ao computador. O antivírus funciona integrado aos aplicativos de e-mail e P2P para evitar contaminações por e-mail e arquivos baixados. Baixe o Forticlient no Downloads INFO.

BitDefender 2010 Free Edition
asdfag

Com atualizações diárias, o BitDefender é equipado com dois bons recursos. O primeiro é o motor de detecção de vírus, rápido para identificar e remover as pragas digitais. O segundo é um recurso inteligente para evitar que arquivos conhecidos – e que não são infectados por vírus – sejam verificados pelo antivírus. Baixe o BitDefender no Downloads INFO.

 

Fonte: Info Abril.

CD com virus?

Publicado: 25/05/2011 por ॐ MZ.. em Engenharia da Computação, Humor
Tags:, ,

vidadesuporte.com.br

As memórias que temos desaparecem de nosso cérebro com o tempo, dando espaço para novas imagens e experiências de vida. Entretanto, um estudo afirma que é possível manter as memórias disponíveis por mais tempo em nosso cérebro, com a ajuda dos vírus.
A pesquisa, publicada na revista Science, mostra que nosso cérebro possui uma proteína específica, a Quinase M Zeta (ou Kinase M ζ), responsável por controlar a preservação de nossa memória. Há alguns anos atrás, os mesmos autores desse estudo afirmaram que era possível, ao retirar a proteína, apagar memórias que seriam danosas a um ser humano.
Pois o caminho contrário também pode ser feito. Ao inserir mais enzimas da Quinase em nosso cérebro, podemos manter certas vivências por muito mais tempo do que o normal. Para isso acontecer, entretanto, é necessário que um vírus geneticamente modificado seja inserido em nossa massa encefálica, produzindo a proteína.

A proteína, inclusive, melhorou o desempenho com memórias que haviam sido previamente gravadas, antes mesmo da inserção do vírus no cérebro. Atualmente, os testes estão sendo realizados em ratos, inserindo uma agulha com o vírus diretamente no neocórtex cerebral dos animais.
De acordo com o estudo, a longo prazo será possível criar pílulas que ajudam na retenção da memória, melhorando o desempenho de pessoas nos estudos, amnésia e piora da lembrança em idade avançada. O estudo ainda está em estágio inicial, sendo necessários vários anos para uma conclusão definitiva sobre o assunto, porém já parece um tanto quanto promissor.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br

Se explorada, falha no motor de renderização de gráficos pode permitir que invasor instale programas e até crie contas com poderes completos.

A Microsoft divulgou um boletim de segurança sobre uma falha no motor de renderização gráfica em algumas versões do Windows que poderia ser explorada para comprometer sistemas vulneráveis.

Andrew Storms, diretor de operações de segurança da nCircle, enviou por e-mail seus comentários. “A Microsoft já tem um fabuloso 0-day no IE, um bug em controle Active X que foi alvo de uma advertência da Secunia, uma história muito maior sobre ‘crozz_fuzz’ e, hoje, um novo bug 0-day de renderização de imagens. Estamos nos primeiros dias de 2011 e a tendência da Microsoft em termos de segurança não parece boa.”

A vulnerabilidade afeta o Windows Graphics Rendering Engine nos sistemas Windows XP, Windows Vista, Windows Server 2003 e Windows Server 2008. De acordo com o aviso da Microsoft, “alguém que conseguir explorar esta vulnerabilidade poderá rodar código arbitrário no contexto de segurança do usuário logado. Um invasor poderia então instalar programas; ver, mudar ou apagar dados; ou criar novas contas com poderes completos.”

Potencialmente grave
Anup Ghosh, fundador e cientista-chefe da Invincea, descreve a questão em mais detalhes. “A novidade é uma nova vulnerabilidade que parece ter sido descoberta no motor de renderização gráfica do Windows e que pode ser explorada por meio de um arquivo de imagem .WMF. Como ela não exige muito envolvimento do usuário (basta que ele veja a imagem) e pode rodar código arbitrário para instalar rootkits/Trojans, a vulnerabilidade é potencialmente grave.”

Há duas linhas de separação. Primeiro, as versões atuais dos sistemas operacionais – Windows 7 e Windows Server 2008 R2 – não sofrem o impacto desta falha. Segundo, mesmo nas versões do Windows que são vulneráveis, não há registro de ataques que exploram essa falha.

Dito isso, a falha ainda está aí e, agora que é de conhecimento público, a ameaça de um ataque cresce substancialmente. A Microsoft nota, no entanto, que a vulnerabilidade não pode ser explorada automaticamente via e-mail, dizendo que “para um ataque ser bem-sucedido, um usuário deve abrir o anexo que é enviado em uma mensagem de e-mail”.

Storms concorda – e explica: “O cenário mais provável para esse exploit é um anexo de e-mail, tal como um documento do Office, que contém um gráfico malformado. Só de abrir o anexo o usuário já poderá se tornar vulnerável.”

Como solução temporária, a Microsoft recomenda modificar a lista de controle de acesso (ACL) para o arquivo shimgvw.dll. O boletim de segurança detalha como fazer isso para cada versão afetada do Windows. É preciso ficar alerta com o fato de que modificar o ACL resultará na exibição imperfeita de gráficos. Assim, você poderá impedir a falha de ser explorada, mas terá de sacrificar a funcionalidade de seu Windows.

A Microsoft afirma estar investigando o problema e, dado o prazo curto, não é razoável esperar que uma correção seja incluída no Patch Tuesday de janeiro. Se a vulnerabilidade se transformar em um ataque automatizado, ou começar a ser usada ativamente para comprometer sistemas em uso, é possível que a Microsoft possa se apressar e liberar um patch independente antes do Patch Tuesday de fevereiro, previsto para 8/2.
(Tony Bradley)

 

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/

Linux

Sempre a mesma desculpa!

Publicado: 11/04/2011 por ॐ MZ.. em Humor
Tags:, , ,

Fonte: http://jovemdl.blogspot.com