Posts com Tag ‘google’

O Google é utilizado como principal mecanismo de pesquisa pelos internautas do mundo todo. O que os usuários muitas vezes não sabem, é que a maioria de suas ações nos serviços de busca e redes sociais podem ser rastreados na internet, inclusive os históricos de bate-papo no Gtalk.

 

Para melhorar a privacidade de seus dados nos serviços do Google, preparamos 7 maneiras seguras de organizar seus dados na web. Confira:

1. Fuja do espião

Para não ter seus dados capturados pelo histórico de buscas, não faça pesquisas logado em sua conta.

2. Fora do ar

Evite buscas rastreadas no YouTube. Acesse o site e clique na seta ao lado da sua foto. Clique em Gerenciador de Vídeos > Histórico > Pausar histórico de exibições.

3. Sem histórico

A barra do Chrome mostra palavras-chave de pesquisas anteriores. Para evitar, abra o histórico, selecione as sugestões com as setas do teclado e aperte Shift+Delete.

4. Biografia online

Para ter uma visão geral de todos os dados que o Google guarda sobre você, acesse o Painel de Controle (http://abr.io/231W) e faça login.

5. Backup de dados

Para resgatar contatos e fotos armazenados pelo Google acesse o endereço http://abr.io/231e e escolha que dados você quer baixar.

6. Privacidade no chat

Para evitar que o registro de conversas do Gtalk fique armazenado, clique no ícone de engrenagem que fica no canto superior, à direita, da interface do Gmail. Depois, clique em Configurações > Bate-papo e marque o item Nunca salvar histórico de bate-papo.

7. Adeus, Google

O Google explica na página dataliberation.org como desativar e fazer backup de contas de seus serviços, como o Gmail.

Fonte: http://info.abril.com.br

 

Anúncios

 

Post sobre o óculos:

Google divulga fotos de óculos com realidade aumentada e acesso à web

http://g1.globo.com

Zoogle: A água do Google

Publicado: 25/08/2011 por ॐ MZ.. em Engenharia da Computação, Notícias
Tags:, ,

A foto acima, registrada no escritório do Google em Zurique, na Suiça, mostra que garrafinhas de água da gigante da internet tem uma marca própria: Zoogle Spring.Search Engine Roundtable

Fonte: googlediscovery.com

A afirmação, feita por um antropólogo da Google, mostra que muita gente ainda não tem domínio dos computadores.

asa

Daniel Russel trabalha na Google. Mas ele não é engenheiro de software nem supervisiona redes de alto fluxo. Ele é antropólogo e estuda os costumes dos usuários de internet, publicando sempre muitos resultados impressionantes. O mais recente, revelado ao The Atlantic, mostra que 90% dos usuários não sabem realizar pesquisas internas nas páginas da internet.
O antropólogo diz que se as pessoas descobrissem como é mais fácil localizar suas necessidades com o atalho dos navegadores, a grande maioria diria que desperdiçou boa parte de suas vidas. Ele afirma isso com base no tempo gasto para a localização de informações com e sem a utilização do atalho.

tecmundo.com.br

Corrida das Redes Sociais

Publicado: 25/07/2011 por ॐ MZ.. em Engenharia da Computação, Humor
Tags:, ,

Novidade, que estará disponível aos poucos, permite dar destaque a mensagens com características únicas.
asdsa
Através de uma atualização publicada na última quinta-feira (7 de julho) no Gmail Blog, a Google anunciou o lançamento de novos métodos para gerenciar a caixa de entrada do serviço de emails. Ao todo, os usuários contam com cinco opções diferentes, cada um dando prioridade a um aspecto das mensagens selecionadas.
A novidade será aplicada aos poucos, com previsão de em breve abranger todos aqueles que possuem o serviço. As diferentes opções de organização são exibidas na página principal do Gmail, utilizando abas facilmente acessíveis pelos usuários.
asdsa
Caixa de entrada mais organizada

Confira abaixo as características de cada método de exibição:

Clássico: modo tradicional, que agrupa as mensagens conforme a data em que são recebidas;
Caixa prioritária: mensagens classificadas como importantes recebem destaque, sejam elas lidas ou não. Em seguida, vez as mensagens destacadas com estrelas, para só então ser mostrado o resto do conteúdo;
Importantes primeiro: dá destaque às mensagens marcadas como importantes, deixando os demais conteúdos em uma área específica;
Não lidas primeiro: mensagens que ainda não foram abertas surgem como destaque no serviço;
Com estrela primeiro: emails marcados com estrelas aparecem em destaque, seguidos pelas demais que são exibidas de forma convencional.

Segundo a Google, o menu em forma de abas deve desaparecer após uma semana, caso o usuário permaneça usando somente um estilo de formatação. Encerrado esse período, será preciso entrar nas configurações do Gmail para alterar o jeito com que as mensagens ficam organizadas.

tecmundo.com.br

Google+ (Google Plus)

A nova rede social do Google, o Google+ (lê-se Google Plus), chegou movimentando a internet. Como virou um fenômeno e muitas pessoas passaram a ser convidadas, a Google rapidamente desativou o sistema de convites, e ontem à tarde mesmo quem os tinha era reencaminhado pra uma tela aonde se lia “Já foi convidado? No momento, excedemos nossa capacidade. Tente novamente em breve.” E pelo jeito, ao contrário do acontecido com o Orkut, nós brasileiros não somos os únicos entusiasmados com o Google+. Segundo a Forbes, até mesmo Mark Zuckerberg, o criador da atual mais famosa rede social, o Facebook, já criou seu perfil.

O mais curioso desse fato é que o Google + foi anunciado como a ferramenta que viria para superar a criação de Zuckerberg. A Forbes ainda diz: “Normalmente Mark Zuckerberg está sorrindo nas fotos do seu perfil. Mas o meu colega Quentin Hardy fará com que ele se sinta melhor: ele pensa que o Google+ está competindo com a Microsoft e com o LinkedIn, mas não com o Facebook.”

A nova rede social foi lançada com cinco principais funcionalidades: Profile (uma pequena evolução do Google Profile), Circles (“grupos” de amigos que poderão ser selecionados para qualquer coisa compartilhada ¿ você não vai mais ter o perigo de compartilhar sem querer uma foto constrangedora com seu chefe), Sparks (uma timeline de notícias, conforme interesses definidos por você), Hangouts (vídeo-conferência com quem você quiser ¿ uma pessoa, algumas pessoas, um círculo¿) e Mobile features: Huddle (recurso de SMS em grupo) e Instant Upload (serviço de compartilhamento de fotos).

O aplicativo móvel já está disponível na Android Market, e em breve estará disponível na Apple Store. Além disso tudo, ainda existe o botão + 1 (assemelhando-se ao botão “Like” do Facebook), com o qual você vai rankeando seus interesses. Pode-se dizer, simplificadamente, que o Google+ é uma mistura de Orkut, Facebook, Google News, Google Reader, Skype, Twitter e Instagram. Será que pega?

Colaborador: SF

http://tecnologia.terra.com.br/

O Google anunciou hoje, na versão nacional do sistema de buscas, o recurso Instant, que exibe resultados em tempo real.Com isso, as buscas poderão ser alteradas ou feitas sem a necessidade de clicar no botão “Pesquise no Google” ou de usar a tecla enter.

A função foi apresentada na versão americana do site em setembro do ano passado. Segundo a empresa, com o novo recurso o usuário pode economizar entre dois e cinco segundos por pesquisa. A estimativa da empresa é que, somados todos os usuários, 3,5 bilhões de segundos sejam economizados por dia –ou 11 horas a cada segundo.

O sistema inclui também uma função de autocomplemento, que sugere termos de busca conforme o usuário inicia a inserção das palavras na caixa de pesquisa. De acordo com o Google, 15 novas tecnologias foram utilizadas na implantação da ferramenta.

O novo sistema deve ser ofertado gradualmente aos usuários ao longo da semana. Caso prefira, o usuário poderá desabilitar a função e usar o Google em seu modo tradicional.

info.abril.com.br/

Google liberou uma página para os usuários que quiserem testar suas conexões com servidores que disponibilizam acesso via IPv6. A iniciativa busca consolidar a atual e mais moderna versão do protocolo de internet que permite a comunicação entre computadores, o famoso IP.
asdsa

Para entender

Cada máquina ao ingressar a internet recebe um número único conhecido como IP, semelhante à este “192.168.100.100″. Devido seu formato, o atual padrão de endereçamento permite o acesso de 4 bilhões de máquinas simultâneas à internet, pois cada uma das quatro casas pode receber números entre 1 e 255, o que gera 4×109 números diferentes. Com o número cada vez maior de máquinas e aparelhos portáteis conectados, o número de IPs novos se esgotaram. Graças a capacidade de reciclar números de máquinas não conectadas à internet o uso do IP versão 4 não causou um colapso na rede. Contudo, uma melhoria na infraestutura de rede é necessária e o IPv6 vem sendo desenvolvido para suprir as necessidades da webesfera.
Meu PC suporta IPv6?
A pergunta correta seria “Minha operadora de internet suporta IPv6?”, pois não trata-se de uma novidade para os sistemas operacionais, já que desde o Windows 98 as configurações deste protocolo estão disponíveis através do Painel de Controle. Já as prestadoras de internet dial ou banda larga precisam se adequar de pronto à novidade.
Quanto o fim do IPv4 (atual), este continuará em uso numa situação tecnicamente chamada de “pilha dupla” ou “dual stack” com o IPv6 até que se extinga por completo em cerca de 20 anos. Usuários sem suporte ao novo modelo de IP não se prejudicarão até lá.

Para descobrir se sua operadora de internet já fornece conexao IPv6 aos usuários, acesse este link, confira e prepare-se para o futuro.

http://coletivo.in