Posts com Tag ‘games’

Uma pesquisa decidiu comprovar a veracidade de uma das maiores incógnitas da tecnologia: o vício em games. Você certamente já deve ter sido chamado de viciado em algum momento de sua vida, mas certamente nunca soube que a acusação estava correta. De acordo com um relatório publicado pelo Translational Psychiatry da Nature, o cérebro de um gamer funciona exatamente como o de um adicto.

O relatório aponta um maior desenvolvimento da área relacionada ao sentimento de recompensa. Quando esse estímulo acontece, uma quantidade maior de dopamina – hormônio responsável pelo prazer e pela satisfação – é liberada no organismo, de modo semelhante ao que ocorre com a maioria das pessoas que possui algum tipo de vício.

Além disso, o estudo mostra outros resultados interessantes. No grupo de 154 crianças de 14 anos submetidas a um exame de ressonância magnética, foi constatado que os jogadores mais ativos possuem também um desenvolvimento maior da região do cérebro que controla a noção de vitória e derrota, além de serem mais maleáveis na hora de realizar ou não trapaças.

Fonte: www.tecmundo.com.br

Anúncios

Háptica vibrante

O nome da nova tecnologia é háptica surround.

Muito além de qualquer console comercial, o conceito usa fenômenos conhecidos como sensações fantasmas e ilusões táteis para literalmente enviar calafrios pela sua espinha.

A háptica surround permite que jogadores de videogames, ou meros espectadores de um filme, sintam uma grande variedade de sensações, que vão da leveza do toque de um dedo até o impacto da colisão de um carro – sem risco de ferimentos.

Desenvolvido em conjunto por pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon e da Disney Research, o primeiro protótipo foi demonstrado durante a SIGGRAPH 2011, realizada no Canadá, incorporada a um jogo de corrida de carros.

Além das cadeiras

Os jogadores sentam-se em uma cadeira repleta de pequenos atuadores vibratórios que permitem que o usuário sinta a aceleração e a frenagem, as imperfeições do terreno, os objetos sendo atirados contra o carro, as derrapagens e até um tranco quando o carro bate.

Seus criadores afirmam que a tecnologia pode ir além das cadeiras.

“Embora somente tenhamos implementado a háptica surround em uma cadeira para jogos até agora, a tecnologia pode facilmente ser incorporada em roupas, luvas, equipamentos esportivos e dispositivos portáteis,” garante Ivan Poupyrev, que inventou a tecnologia juntamente com seu colega Ali Israr.

Atuadores virtuais

A chave para o controle das vibrações está no algoritmo que controla o funcionamento dos atuadores vibratórios para criar “atuadores virtuais” dentro de uma matriz de equipamentos reais.

Um atuador virtual pode ser criado entre quaisquer dois atuadores físicos: o usuário tem a ilusão de sentir apenas o atuador virtual.

Dessa forma, os usuários não sentem uma tremedeira geral ou o “tuc-tuc” típico dos equipamentos hápticos, mas movimentos contínuos e discretos, permitindo uma “resolução” suficiente para simular o toque de um dedo.

Os atuadores virtuais representam uma abordagem inovadora para a implementação das chamadas sensações fantasmas, um fenômeno conhecido há mais de 50 anos, mas cujo controle mecânico preciso ainda não é bem compreendido.

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br

Versões para video games de última geração terão preço médio 3 vezes acima do título para PC.

asdsad

A Warner Bros. confirmou em recente evento realizado em São Paulo que FIFA ficará novamente sem narração em português (conforme reportou o UOL). Mas há um ponto positivo: FIFA 12chegará às prateleiras por um preço consideravelmente mais acessível, pelo menos em sua versão para PC, que custará R$ 60.
A versão para PS2 também ganhou um bom desconto em relação aos anos anteriores: R$ 100. Já as versões para PlayStation 3 e Xbox 360 poderão ser adquiridas mediante a “módica” quantia de R$ 180.
Durante o referido evento, a Warner revelou também que o game contará com os principais times brasileiros licenciados, incluindo Flamengo, Vasco, Corinthians e São Paulo, todos com suas respectivas camisas e jogadores. Além disso, há seis novos times foram incluídos na lista: Atlético Goianiense, Ceará, Internacional, Figueirense, América Mineiro e Fluminense.

[youtube-http://www.youtube.com/watch?v=qlf0WXIHvOc&feature=player_embedded]

FIFA 12 tem data de chegada prevista para o dia 27 de setembro para PS2, PS3, Xbox 360, PC, PSP, Wii e 3DS.

baixakijogos.com.br

Classes com armas primárias e secundárias, gadgets e especialização do combatente podem ser alteradas no novo jogo da DICE.

A Electronic Arts liberou dois novos vídeos mostrando detalhadamente a personalização de armas no game Battlefield 3. As imagens da jogabilidade são da versão Alpha do jogo e foram postadas no perfil do YouTube de YourGamingTeam. Juntas, as duas demonstrações totalizam quase 30 minutos

A Electronic Arts liberou dois novos vídeos mostrando detalhadamente a personalização de armas no game Battlefield 3. As imagens da jogabilidade são da versão Alpha do jogo e foram postadas no perfil do YouTube de YourGamingTeam. Juntas, as duas demonstrações totalizam quase 30 minutos.

Versão Beta

Foi confirmado pelo blog oficial de Battlefield que a DICE vai começar a enviar os convites para a versão Alpha de testes de Battlefield 3. Por enquanto, essa etapa das provas vai escolher dentre aqueles que se registraram no site da empresa e mantêm o status de Veterano.
Já a versão Beta do game, que inclui os jogadores que compraram a edição limitada de Medal of Honor, vai ser lançada em setembro. Por enquanto, a DICE e a EA ainda não refutaram a possibilidade de fornecer códigos para a Beta via competições entre os usuários ou redes sociais. Então, é provável que em breve apareçam mais informações sobre as chances.

asdas

Battlefield 3 tem previsão de lançamento no dia 25 de outubro nos EUA, 27 na Austrália e 28 na Europa, para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

Baixaki/jogos.com.br

O que você imaginar de acessórios para equipamentos de informática – tablets, notebooks, games – tem na Eletrolar 2011. De todas as cores, tamanhos e funcionalidades. É um verdadeiro mar de acessórios.

A empresa Integris Brasil está com um dos maiores estandes da feira do setor. Especializada em acessórios para games e informática, trouxe várias linhas interessantes, com estampas de mouses, mousepads, fones de ouvido e adesivos para notebooks, que protegem a ainda dão aquele estilo pessoal no equipamento.

Outro destaque da empresa é a linha voltada para o setor de áudio. A Integris trouxe pra feira quatro novas caixas de som de modelos com e sem fio, com subwoofers, que prometem qualidade de som para computadores e aparelhos multimídia. As inovações não ficam apenas na qualidade da reprodução do som, os novos produtos ganharam também design com mais estilo, novas cores e recursos. Como esse aí da foto, que dá para conectar o iPhone ou o iPod:


Vários consoles e periféricos para games também estão fazendo sucesso. Joystick é coisa do passado, agora tem tudo, desde armas, instrumentos musicais, direção, pedal, o que for preciso pra garantir a jogabilidade dos gamers.

Fonte: http://wp.clicrbs.com.br

Colaborador Sergio Fabro

O que são Frames por Segundo?

Publicado: 21/06/2011 por __PiTy em Geral, Manuais, Opinião, Videos
Tags:, , , ,

Saiba como esse termo tão falado entre os gamers foi criado, além da sua importância na exibição de imagens em movimento.

Os gamers de plantão certamente já devem ter ouvido, ou até usado muito esse termo. Para muitos, é apenas um número técnico e sem importância. Para outros, é um verdadeiro termômetro que mede o desempenho de seu equipamento ao rodar um jogo ou um vídeo de alta qualidade. Vamos conhecer um pouco mais sobre o famoso FPS: Frames por Segundo.
A composição das imagens
Por trás de toda a ação e o movimento que você vê em qualquer tipo de vídeo, incluindo nos games, existe um truque que transforma imagens paradas em imagens animadas. A ilusão que nosso cérebro interpreta como movimento é feita exibindo-se vários quadros consecutivos em um curto período de tempo.
Isso pode ser facilmente experimentado desenhando-se várias figuras ligeiramente diferentes em um bloco de notas e, em seguida, passando-as rapidamente na frente de seus olhos. O objeto ficará “animado”. O mesmo ocorre com o cinema, mas, em vez de desenhos, temos fotografias dispostas em uma fita semitransparente, chamada de filme.
asdsad
Quanto mais desenhos (ou “frames”) forem exibidos no mesmo período de tempo, mais natural é a ilusão de movimento. Foi padronizado que o tempo de 1 segundo deveria ser usado como parâmetro, nascendo assim, o termo “Frames por Segundo”.

Quanto mais, melhor?

Durante muito tempo a indústria cinematográfica usou a definição de 24 frames por segundo para mostrar filmes com fluidez satisfatória, alegando que nossos olhos não conseguiriam ver diferença com taxas mais altas. Hoje sabemos que isso está longe de ser verdade.Uma pequena demonstração neste site deixa clara a diferença entre várias animações iguais exibidas em taxas de 15, 30 e 60 FPS. Perceba que, no primeiro, o movimento existe, mas é pouco fluido e parece deixar rastros. Já a animação no segundo quadro é bem melhor, com uma boa fluidez. O último roda com uma taxa de 60 FPS e, praticamente, não deixa rastros no caminho da figura.
O padrão na maioria das obras cinematográficas hoje é de 30 frames por segundo. Já nos games, foi convencionado que a taxa de 60 FPS é a ideal para transmitir a experiência de maneira satisfatória. Isso por que, diferente dos filmes e da TV, o jogador não está apenas assistindo a um vídeo, mas também interagindo com ele.
Enquanto você está jogando um vídeo game, você espera que as repostas para os comandos apareçam na tela imediatamente, em tempo real. Para isso, uma boa taxa de FPS é fundamental.

Haja hardware para aguentar

Apesar de ser o ideal, mostrar a ação nos jogos a uma taxa de 60 FPS não é nada fácil: quanto mais frames forem exibidos por segundo, maior o trabalho da placa de vídeo para conseguir “desenhar” eles a tempo.

asdsad
Isso se torna mais difícil ainda com as altas resoluções da imagem que temos hoje, além da qualidade dos gráficos que vemos nos video games de última geração. Em outras palavras: os “desenhos” não só são mostrados mais rapidamente, mas também ficaram maiores e com mais detalhes.
Sendo assim, a capacidade de processamento do computador, ou do console, quase sempre é o limitante para a taxa ideal, exigindo que os programadores saibam equilibrar a qualidade pretendida com o hardware disponível, o que nem sempre é possível. Por isso, o mínimo de 30 FPS é geralmente o “normal” de muitos jogos.

Quando o hardware falha em produzir a imagem no tempo certo, o que vemos são aquelas lentidões irritantes, com o vídeo truncado e com pausas instáveis. Isso se torna ainda mais evidente quando uma cena de ação intensa acontece repentinamente, ou quando o personagem sai de um túnel pequeno e escuro e entra em um cenário grande e cheio de vida, fazendo variar muito a taxa de FPS.Por esse e outros motivos que a maioria das produtoras prefere sacrificar um pouco do FPS para dar ênfase em outros aspectos do jogo, como a qualidade da textura. Além disso, algumas técnicas, como o “Motion Blur”, conseguem driblar um pouco essa fraqueza, dando a impressão de que a imagem está fluida, apesar de estar rodando a um FPS baixo.

Tudo tem limite

Existem “gamemaníacos” que usam a taxa de frames por segundo para competir, uma forma de comparar quem tem o hardware capaz de executar os jogos “mais pesados” com o FPS mais alto possível. Existem programas, como o FRAPS, que podem ajudar nessa tarefa, mostrando o FPS em tempo real.
Mas vale lembrar que, além da capacidade de processamento, a taxa de atualização da tela também é importante. Monitores de computadores e HDTVs geralmente tem uma taxa limitada a 60 FPS. Por isso, mesmo os jogos que conseguem rodar acima disso não serão exibidos além do limite do monitor, podendo até ocasionar problemas, caso do “Screen Tearing”.

sds

Esse fenômeno ocorre quando existem diferenças entre o FPS do monitor e o vídeo sendo gerado, causando aquelas linhas horizontais que parecem quebrar o vídeo por um breve momento.
Para evitar que isso aconteça, existe uma opção nas configurações avançadas da maioria dos jogos, chamada “V-Sync” (ou sincronia vertical). Isso faz com que o processamento de vídeo que está acontecendo a 75 Hz, por exemplo, aguarde que o frame seja gerado por completo antes de mandar para a tela, forçando a placa de vídeo a desacelerar o processamento para não passar do limite de 60 Hz imposto pelo monitor.
É importante lembra que essa opção só deve ser ativada para corrigir o problema de “screen tearing”, já que forçar a sincronia de vídeo pode causar queda no desempenho. Se a exibição em seu monitor estiver normal, mantenha o “V-Sync” desativado.

Além dos 60 FPS

Algumas TVs de alta definição modernas possuem recursos para exibir vídeos a uma taxa de 120, ou até 240hz. Mas como são poucas as fontes de vídeos que suportam essa frequência, essas TVs usam um truque para duplicar os 60 FPS normais, criando um frame temporário entre cada quadro recebido e incrementando a imagem na tela.

asasasasasasas
Cada fabricante possui sua própria tecnologia para aumentar o número de frames (como o “Motion Flow” da Sony e o “TruMotion” da LG), mas, no geral, todas usam o mesmo método. Apesar de propor um aumento na fluidez, muitas pessoas podem não se acostumar muito bem com a sensação de assistir as imagens aceleradas, motivo pelo qual esse recurso geralmente permanece desligado.

tecmundo.com.br

Desenvolvedores mostraram ao vivo como será o jogo de tiro em primeira pessoa que concorre ao título de um dos melhores do ano.Dois desenvolvedores da EA promoveram uma demonstração, ao vivo, da jogabilidade da versão para PlayStation 3 de Battlefield 3. O fato aconteceu no programa Late Night com apresentador Jimmy Falon, do dia de ontem. O vídeo contém as primeiras imagens de jogabilidade dentro do game, tirando o demo que apareceu na E3.
Durante a apresentação, como mostrado pelo site VG24/7, os produtores do jogo comentaram as possibilidades que o jogador terá no novo game da série, além de dar uma real noção dos impressionantes gráficos. Vale ressaltar a parte em que o apresentador joga: hilariante

Battlefield 3 tem previsão de lançamento no dia 25 de outubro deste ano, para PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

E você ai com seu RPG 😀

baixaki/jogos.com.br

Nos dias 07 a 09 de junho deste ano, presenciamos a maior feira de video games do mundo em Los Angeles, nos Estados Unidos. A Electronic Entertainment Expo traz as novidades do mercado atual e mostra uma boa probabilidade das tendências de como a indústria vai estar no futuro.
Porém, nem tudo são flores. A feira foi dominada pelas pequenas desenvolvedoras (ou menos, por assim dizer), com demonstrações e apresentações muito mais empolgantes do que as gigantes do cenário mundial de games. Como não podia ser diferente, o site Dorkly fez uma compilação com os piores momentos do evento deste ano:

tecmundo.com.br

Jogo quer fazer frente à série Call of Duty: Modern Warfare e recuperar o espaço perdido no mercado de jogos FPS.

sdasd

Interessado em rodar a próxima geração de Battlefield na sua máquina? Bem, então talvez uma boa ideia seja atualizar a sua máquina — ou mesmo comprar uma nova — antes que o games seja lançado. Isso porque, embora a Frostbite 2.0 possa provavelmente fazer um bom trabalho com as configurações mínimas de sistema, é mesmo nos famosos “requisitos recomendados” que a magia toda deve acontecer.

Confira a lista de requisitos para Battlefield 3 abaixo:
Requisitos mínimos

Windows Vista ou 7;
Processador Core 2 duo de 2 GHz;
2 GB de memória RAM;
Placa de vídeo com 512 MB compatível com DirectX 10 ou 11; e
15 GB espaço em disco.

Requisitos recomendados

Windows Vista ou 7;
Processador Quad-Core;
4 GB de RAM;
Placa de vídeo com 1 GB compatível com DirectX 11 (GeForce GTX 460, Radeon HD 6850); e
15 GB espaço no disco.

Battlefield 3 quer destruir a concorrência com gráficos e tecnologias absurdas em 25 de outubro de 2011 nas plataformas PC, PlayStation 3 e Xbox 360.
No meu vai rodar de boa 😀

Baixaki/jogos.com.br

A conferência da EA na E3 começou com Mass Effect 3. Os gráficos são simplesmente inacreditáveis, o tamanho dos inimigos impressiona e a ação é incessante. Mas um aspecto interessante do jogo é o impacto emocional que ele vai proporcionar além da ação interminável. O lançamento está previsto para março de 2012.
Depois foi hora de demonstrar Need for Speed: The Run. Nesta corrida ambientada em cidades americanas, os oponentes farão de tudo para impedir você. Toda corrida disputada é registrada no Autolog, um sistema que é como uma rede social do game para compartilhar imagens e recordes.Mas a ação não acontece somente dentro do carro. Pelo vídeo de exibição, vimos que o jogador precisa sair de situações complicadas, como fugir de um carro prestes a ser atingido por um trem. E ele precisa ser rápido também com os pés e pode roubar carros. Aparentemente, o jogo está muito mais focado na ação do que seus antecessores.
Em seguida, a BioWare mostrou Star Wars: Knights of the Old Republic, um projeto ambicioso no qual os jogadores se perdem em um universo tão grande. O título se passa centenas de anos antes dos eventos dos filmes.

ddd

Esportes

Das galáxias para a Patagônia ou a Muralha da China em SSX, novidade da EA Sports. Desviando de desastres naturais, os praticantes voam pelos ares e encaram enormes abismos. Os detalhes incríveis do jogo foram obtidos com dados de satélites.
Se o assunto é EA Sports, obviamente FIFA 12 não ficaria de fora. O game terá a melhor engine dessa geração, novos tipos de defesa tática e a valorização do posicionamento de jogadores sem a bola. O sistema de dribles também foi renovado e a física está mais realista com o Player Impact Engine.O vídeo de demonstração teve a participação de várias celebridades, inclusive o brasileiro Kaká falando como o jogo o ajudou no extenso período em que o craque passou machucado

ere

A EA Sports aproveitou e fez o anúncio do Football Club, com partidas e desafios baseados em acontecimentos reais. O serviço será gratuito e vai se conectar a redes sociais. Qualquer ação no game vale pontos de experiência, e há até torcidas para os jogadores.Do futebol para o futebol, mas, dessa vez, o americano. Jogadores profissionais da Liga Americana subiram ao palco para apresentar Madden 12 e relacionaram os fundamentos do esporte às novidades do jogo, como o sistema de colisões e a performance dinâmica dos jogadores. De acordo com Peter Moore, “será o título mais sólido de toda a franquia”

The Sims Social e outras novidades

Dos esportes para os Sims no Facebook com The Sims Social. Dando uma ligeira cutucada nos famosos jogos de fazenda e colheita, o trailer do jogo mostrou como os contatos do Facebook podem interagir. As experiências reais dos contatos vão refletir no comportamento de suas versões virtuais. É um apelo e tanto para quem conhece a franquia e tem perfil no Facebook.

sdadad

Depois o destaque foi Kingdoms of Amalur: Reckoning, que coloca os jogadores no coração de uma guerra épica e dá a eles o poder de decidir não apenas o destino de seus personagens, mas de todo o mundo. A demonstração focou em grandes lutas de espada em um ambiente destruído. Percebe-se também poderes mágicos. O game será lançado em 2012.Em Overstrike, personagens de perfis bem opostos devem deixar as diferenças de lado para salvar o mundo. O grupo de agentes ataca quartéis inimigos munidos de gadgets tecnológicos e habilidades peculiares. Uma espiã, por exemplo, é capaz de ficar invisível. O grupo é caracterizado por sempre causar grandes efeitos colaterais durante suas missões. O game parece misturar ação, espionagem e bastante humor em traços de cartoon.Battlefield 3 veio logo em seguida, em um vídeo repleto de cenas de guerra urbana que mostraram bem todo o poder da engine Frostbite, que é o combustível para a aclamada série. Grandes cenários, veículos e armamentos pesados continuam como grandes atrativos do título. Battlefield 3 terá também um sistema social chamado Battlelog, para os jogadores compararem pontuações, encontrarem amigos e marcarem partidas. Um Beta será aberto em setembro.
O visual da demonstração de jogabilidade ao vivo foi impressionante, com visual arrasador e detalhes muito bem retratados. Até mesmo a poeira nos olhos do jogador é bem visível. Isso sem contar a batalha bastante tensa e os efeitos sonoros bastante fiéis. A data de lançamento prevista é 25 de outubro.

baixaki/jogos , tecmundo.com.br