Posts com Tag ‘facebook’

Um dos grandes segredos do Facebook é a interação entre pessoas. Não basta apenas publicar uma foto ou compartilhar um status, mas também comentar nas imagens e mostrar que você não estava sozinho quando aquilo aconteceu. Afinal, para que mais serviria uma rede social? No entanto, alguns hackers estão se aproveitando dessa característica para aplicar golpes e roubar dados pessoais dos usuários.

Algumas pessoas receberam emails suspeitos informando que seu perfil na página foi marcado em uma foto. No entanto, ao clicar no link que deveria redirecionar para a imagem, você tem seu computador invadido por malwares.

Evitar o golpe é bem simples. Primeiramente, se você realmente foi marcado, a notificação não estará disponível apenas por email, mas também em seu próprio Facebook. Assim, se você recebeu o email, mas nada consta na rede social, desconfie.

Além disso, a mensagem enviada pelos hackers utiliza o endereço “faceboook.com”, com três letras “O”. Desse modo, se você perceber qualquer diferença na grafia, não clique em nenhum link e marque a mensagem como spam. Sua segurança agradece.

FONTE: http://www.tecmundo.com.br

Depois de abocanhar o Instagram e outras três empresas, pode ser que o próximo alvo do Facebook seja a Opera Software, companhia que desenvolve navegadores tanto em desktops como em dispositivos móveis — sejam eles smartphones ou tablets. A informação foi obtida pelo site especializado Pocket-lint nesta sexta-feira (25). O Facebook se recusou a comentar o assunto.

aasds

A fonte do Pocket-lint afirma que a compra seria interessante para colocar de vez o Facebook na guerra dos navegadores, atualmente tendo Microsoft e Google como principais protagonistas. No último mês, dados da empresa StatCounter mostraram que o Google Chrome tornou-se o browser mais usado no mundo, tomando para si a coroa do Internet Explorer.
De acordo com o site, a Opera Software atualmente oferece um bom navegador para dispositivos móveis que permanece em franco crescimento ao longo dos últimos anos. Mais de 200 milhões de pessoas utilizam o Opera Mini ou Opera Mobile nos celulares e tablets. Além disso, também existem versões do navegador para tablet e para os PCs nas plataformas da Microsoft e da Apple.
Outra fonte, dessa vez do site The Next Web, afirma que no momento a diretoria da Opera Software conversa com possíveis compradores para a fusão da empresa. A empresa estaria interessada em se associar a algum gigante da tecnologia ou abrir totalmente seu capital na bolsa de valores.
Pouco a pouco, empresas de Internet vêm lançando navegadores próprios. O Google desenvolveu o Chrome e conseguiu coloca-lo na primeira posição em pouquíssimo tempo, sempre utilizando as milhões de páginas vistas diariamente pelos usuários para promover o software. Nessa semana o Yahoo também lançou um navegador, dessa vez para iPad com o diferencial de facilitar a busca por páginas ao oferecer miniaturas delas antes de o usuário clicar e abrir um determinado conteúdo.
Existem sérias dúvidas sobre a capacidade do Facebook gerar receita por meio de sua presença nos dispositivos móveis. Talvez — por enquanto não passa de um rumor — a Opera faça parte da estratégia de Mark Zuckerberg para agradar os novos acionistas mostrando resultados positivos.

http://www.techtudo.com.br/noticias

asds
O Instagram aplica filtros em fotografias e virou sucesso nas redes sociais

O Facebook anunciou a compra do Instagram por volta de 14h desta segunda-feira, horário e Brasília. A notícia foi dada pelo próprio perfil de Mark Zuckerberg no Facebook e depois compartilhada pelo blog do aplicativo.
Segundo o site Mashable, a compra foi o resultado de um acordo de US$ 1 bilhão, combinados em dinheiro e ações, que deve ser finalizada ao final deste trimestre. Ainda segundo o site, a equipe do Instagram irá se mudar para o Facebook.
No post do Facebook, Zuckerberg afirmou que não se tratará de uma integração com o Facebook. O objetivo é fortalecer o aplicativo e fazer o Instagram evoluir de forma independente, em vez “de simplesmente tentar integrá-lo a tudo que existe dentro Facebook”.
“É importante dizer que o Instagram não vai mudar. Nós vamos trabalhar com o Facebook para evoluir o Instagram e construir a rede. Nós vamos continuar a adicionar novas funções ao produtor e encontrar novas maneiras de criar uma experiência melhor com fotos

terra.com.br

As garantias dadas pelo Facebook sobre suas políticas de privacidade não parecem ter acalmado a insegurança dos usuários da rede social. Cada vez mais eles buscam soluções para proteger seus históricos de navegação do serviço. Prova disso é que um plugin de privacidade do Facebook bateu recentemente o recorde de downloads em um curto período de tempo.
asds

O Facebook admite abertamente o uso de rastreamento de outros sites enquanto os usuários estão logados na rede social. Porém, suas tentativas em tranquilizar as pessoas sobre a utilização de suas informações, alegando que a finalidade do rastreamento é para um uso “inofensivo” ao internauta, não tiveram o efeito desejado pelo pessoal comandado por Mark Zuckerberg.
O plugin Facebook Disconnect, uma extensão do Google Chrome que impede que o Facebook “veja” quais os outros sites que você visita online, já foi baixado 152 mil vezes em apenas 10 dias, um novo recorde dentro dos aplicativos e ferramentas disponíveis para o navegador do Google. O software é capaz de bloquear automaticamente o tráfego da web entre outros sites acessados pelo internauta e o Facebook, impedindo que a rede social “enxergue” o seu histórico de navegação.
“O Facebook é notificado sempre que você visitar um dos mais de um milhão de sites na Internet que usam o Facebook Connect, e tem um histórico personalizado, que identifica o vazamento de informações pessoais para terceiros”, diz a página oficial do Facebook Disconnect. “Nosso aplicativo desativa o fluxo de seus dados para eles”.
Os defensores da privacidade na web manifestaram a sua preocupação, em relação às informações que poderiam ser usadas para “publicidade segmentada”, sem se preocupar com as formas que isso seria feito. A própria Política de Privacidade do Facebook prevê que o sistema é orientado para proteger os dados do usuário de outras pessoas, mas não daquilo que é feito na rede social em si.
Por fim, os usuários parecem estar muito satisfeitos com o Facebook Disconnect, mesmo que isso bloqueie algumas funções originais da rede, como links de fotos. Depois do sucesso deste plugin, os seus criadores lançaram um novo, o Disconnect, que protege o usuário em relação aos serviços do Google e do Twitte

techtudo.com.br

AAAAAAAAAAAA muleke! asuhfuashda

 

http://www.umpassinhoafrente.com.br

O grupo hacker Anonymous, responsável por uma série de ataques em sites de governos, de empresas de cartão de crédito e à rede de games on-line PlayStation Network (PSN), da Sony, anunciou que realizará um ataque em massa contra o Facebook no dia 5 de novembro. O objetivo dos criminosos é derrubar o site, que conta com mais de 700 milhões de usuários cadastrados.

O ataque foi confirmado por meio do Twitter e por um vídeo divulgado no YouTube. Nele, a gravação afirma que a rede social tem auxiliado governos, “vendendo informações de usuários e garantindo acesso clandestino para firmas de segurança que espionam pessoas de todo o mundo”.

O dia 5 de novembro foi escolhido por ter relação à história em quadrinhos “V de Vingança”, cujo personagem principal, Guy Fawkes, é lembrado por integrantes do Anonymous no uso da máscara característica apresentada na série.

Eles ainda afirmam no comunicado que “tudo o que o usuário faz no Facebook fica na rede social, independentemente das configurações de privacidade”, e que “deletar a conta é impossível, pois os dados ficam armazenados no Facebook”. “O Facebook sabe mais sobre você do que sua família”, diz a mensagem.

O grupo ainda avisa que o dia do ataque “entrará para a história”.

Ainda pelo Twitter, o Anonymous publicou uma mensagem dizendo que estava organizando o que chama de “Operação Facebook” (#opfacebook), mas que nem todos os membros concordavam ou participavam da preparação do ataque.

Existem suspeitas de que os ataques servem para tentar fortalecer a rede social Anon+, criada pelo gruopo. A comunidade do site no Google+ foi banida do serviço pelo Google, o que teria irritado membros do Anonymous.

O Facebook não se manifestou sobre as ameaças até o momento.

g1.globo.com

Corrida das Redes Sociais

Publicado: 25/07/2011 por ॐ MZ.. em Engenharia da Computação, Humor
Tags:, ,

Um fundo de investimentos chamado GVS anunciou nesta segunda-feira que desembolsou US$ 6,58 milhões por um pequeno pacote de 225 mil ações da rede social Facebook, avaliados em US$ 29,28 a unidade.Considerando que informações obtidas no mercado secundário dão conta de que o site de Mark Zuckerberg tem 2,4 bilhões de papéis em seu estoque, o site estaria avaliado em saudáveis US$ 70 bilhões (R$ 111,6 bilhões, ou 2,33 Eikes Batistas, segundo dados do Instituto Tecnoblog de Ciências Econômicas).

Em março de 2010 uma empresa chamada VCExperts havia avaliado o site em US$ 35 bilhões, e em janeiro do mesmo ano outra companhia, a SecondMarket, havia estipulado que o site valia “apenas” US$ 14 bilhões.

Apenas como forma de comparação, dados coletados no Wolfram Alpha mostram que o site ainda está atrás de alguns gigantes do mundo da tecnologia, como o Google (US$ 155 bilhões), Apple (US$ 87.45 bi) e HP (US$ 72,55 bi). Mas a rede social já é avaliada por um valor maior que gigantes de outros setores, como a automotiva Ford (US$ 51 bilhões) ou Nike (US$ 38 bilhões), por exemplo.

Apesar do Facebook ainda ser uma companhia de capital fechado, alguns de seus executivos dizem que é “inevitável” que a empresa abra seu capital “no futuro”, sem se arriscar a dar qualquer data

.

tecnoblog.net

Como assim? Um museu sobre minha vida?

É isso aí. Baseado nessa ideia, o novo projeto da Intel permite que você passeie por uma galeria virtual e veja uma exposição sobre a sua vida. Para dar cabo desse conceito um tanto egocêntrico (e por isso mesmo irresistível), o site pede permissão para acessar seus dados do Facebook; fotos pessoais e imagens de amigos, vídeos, dados geográficos, frases e links postados… tudo passa a integrar a curiosa mostra desse centro cultural fictício.


Eu já fiz o meu tour virtual. Agora só falta você ver como seria a sua vida se ela fosse exibida em um museu. Clique aqui e bom passeio.

wp.clicrbs.com.br

Colaborador: TI Sergio Fabro

Criatividade no FaceBook

Publicado: 03/06/2011 por ॐ MZ.. em Engenharia da Computação, Engenharias, Humor
Tags:

http://www.judsonmaria.net